Erasmo Carlos – Pelas Esquinas de Ipanema

“Indicação” nº 24 do dia:

Pelas Esquinas de Ipanema

Vai a onda, vem o mar
E eu na praia com você
Vamos juntos mergulhar
No mistério dessas águas
Mergulhar… mergulhar… mergulhar
Beber o mundo
Mergulhar… mergulhar… mergulhar
Eu e você
Lá no fundo, vem a moda
E nós dois sendo vendidos
Vamos juntos caminhar
No suspense das vitrinas
Caminhar… caminhar… caminhar
Pelas esquinas
Caminhar… caminhar… caminhar
Pipi-dogs, lanchonetes
Jet-sets e ressacas
Best sellers, discothéques
Bus-stop e pivetes
Mergulhar… mergulhar… mergulhar
Copertone e blue jeans
Big shots e Jobins
Samambaias e boutiques
Parafinas e desquites
Caminhar… caminhar… caminhar
Ou a gente caminha na onda
E passeia nesse mar
Ou mergulha nas esquinas
Mesmo sem saber nadar
Vai a onda, vem a moda
Nosso amor
Pelas esquinas

Erasmo Carlos – Peço a Palavra

“Indicação” nº 21 do dia:

Peço A Palavra

Senhoras e senhores
Eu peço a palavra
E lanço um apelo
À minha namorada
Acabe desde logo
De usar batom assim
Se não no fim do dia
Seu batom passou pra mim
E eu pintando deste jeito
Não posso andar na rua
Se um dia me prenderem
Toda a culpa é sua
Acabe desde logo
De usar batom assim
Se não no fim do dia
Seu batom passou pra mim.