Erasmo Carlos – Manhãs de Love

“Indicação” nº 26 do dia:

Manhãs de Love

Sofro mas nunca me lastimo
Encaro o meu destino
Não sou de reclamar

Choro, me escondo no escuro
Com fé no meu futuro
Espero a dor passar

Desde o dia triste em que você se foi
Eu acordo e só o espelho me diz oi
Todos os dias só
Todas as noites só
Sem ter você ao meu alcance
As madrugadas só
Todas as horas só
Ainda espero uma revanche

Todas as manhãs de love
Todas as manhãs de sol
Estão intactas na memória
Todas as noites em claro
Todas as tardes a sós
Repetem sempre a mesma história

Toda as noites desertas
Todos os céus cor de anis
Todas as portas abertas
Pra depois
Pra depois
Pra depois
Pra depois

Todos os jardins de flores
Pra fazer você feliz
Tocam todos os tambores
Pra nós dois
Pra nós dois
Pra nós dois
Pra nós dois

Fico mais forte a cada dia
Rasguei a fantasia
Não vou desesperar
Certo de que a gente supera
Separa o que já era
Daquilo que será

Toda as noites desertas
Todos os céus cor de anis
Todas as portas abertas
Pra depois
Pra depois
Pra depois
Pra depois

Todos os jardins de flores
Pra fazer você feliz
Tocam todos os tambores
Pra nós dois
Pra nós dois
Pra nós dois
Pra nós dois

Erasmo Carlos – Lucinha

“Indicação” nº 25 do dia:

Lucinha

Lucinha é a garota que eu sonhei
É tudo quanto eu imaginei
Fico esperando que ela volte para mim
Vou tomar coragem e lhe dizer assim, assim:
Oh, oh Lucinha, Eu quero o seu amor
Eu quero o seu carinho
Seja como for
Oh, oh Lucinha
Preciso de você
Lucinha não me faça mais sofrer