Publicado em Música

Ary Barroso – Despacho

“Indicação” nº 21 do dia:

Despacho

E num canto qualquer desse Brasil
Onde o mar seja verde o céu de anil
Irei levantar o nosso ranchinho…

Eu vou fazer um despacho
Pra arranjar outro amô, amô, amô
Quem te arrasta é capacho
Mas eu não sou não sinhô, sinhô, sinhô
Meu coração tá por baixo
E que reflorir com as flô, ô, ô, ô

Os olhos foi feito pra luz
Os lábios foi feito pro beijo
A luz vem ter aos meus olhos
Os beijos ficam nos desejo, ai, ai
Pobre de quem leva a vida
chorando a ventura perdida
Eu vou fazer um despacho
Meu coração não é capacho
Ai não, isso não!

Vou torrar duas asas de andorinha
Misturar com um pouco de farinha
Três gotas de azeite bem mexidinha
E você há de vê Iaiá!
Ai, que bão que vai ser Iaiá!
Como tudo se transformará!
E num canto qualquer desse Brasil
Onde o mar seja verde e o céu de anil
Irei levantar o nosso ranchinho
E você há de vê Iaiá
Ai, que bom que vai ser
Quando lá dentro mais uma aparecer!

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s